Corredora busca inspiração no Bonito Cross para a temporada 2019

A junção do esporte com natureza é fantástica e apaixonante, disse a corredora douradense, Adriana Vaz, sobre o Bonito Cross, prova que vai abrir a temporada 2019 dos esportes de aventura em Mato Grosso do Sul nos dias 16 e 17 de fevereiro na área rural de Bonito, município considerado referência nacional no ecoturismo, distante 297 km de Campo Grande.

“Bonito é um lugar incrivelmente lindo e não deixa nada a desejar para as belezas naturais de outros lugares do Brasil e de outros países. Sempre faço questão de destacar nosso Estado e não poderia ficar de fora deste evento. Acho que além da adrenalina de uma prova off-road, quem participar do Bonito Cross será presenteado com paisagens incríveis”, comentou ela

O Bonito Cross vai reunir atletas de trail run (corrida de trilha), Cross MTB (mountain bike) e cross duathlon (pedal e corrida). Conforme o regulamento, nas três modalidades, todas abertas ao público masculino e feminino, vão participar competidores com idade entre 18 a 29 anos, 30 a 39, 40 a 49 e acima de 60 anos no trail run; 16 a 29 anos, 30 a 39, 40 a 49 e a partir de 50 anos no duathlon e mountain bike.

A corredora douradense Adriana Vaz na Ultra Machu Pichu Trail, em Cusco, Peru

Corredora amadora, mas com determinação de profissional, Adriana Vaz se esforça para conciliar sua rotina de trabalho, a carga de treinos e a programação de corridas. “Para conseguir treinar eu acordo de madrugada e treino antes de ir trabalhar. Sem dúvida este é o meu momento de lazer e faço tudo com muito amor. Não me imagino começar o dia sem uma corrida ou qualquer atividade física”, revelou.

Adriana Vaz contou que começou a correr há seis anos, quando entrou para um grupo de corrida comandado pela treinadora Maira Brum, e desde então não parou mais. “Comecei a pedalar praticamente na mesma época. Em 2015 fiz minha primeira corrida off-road, o Brasil Ride, em Botucatu (SP), passei algum tempo competindo MTB e corrida, mas aos poucos a corrida de trilha foi me chamando e acabei focando mais nesta modalidade. Me apaixonei e não quis mais correr no asfalto. A natureza e o clima de montanha têm uma energia que te atrai muito, é uma sensação inexplicável”, ressaltou.

De acordo com seu histórico, o início nos esportes de aventura foi marcado por provas curtas de no máximo 12 km. Segundo ela, as conquistas vieram já nas primeiras provas com o primeiro lugar no pódio no Mountain Do, disputado no deserto do Atacama, que se estende do norte do Chile até a fronteira com o Peru, e no Naventura e Amazing Runs, duas provas realizadas na Ilha do Mel (PR).

Parada para uma pose com uma nativa na corrida de Chota Trail, em Ibarra, no Equador

“A K21series, em Bariloche, que fiquei em 3º lugar no geral, e o XTerra Camp Paraná, que fiquei em 4º lugar no geral, tanto no Nigth Trail Run como no MTB são duas provas que também gosto de lembrar. São provas ranqueadas, então o nível dos atletas é altíssimo”, destacou ela.

Em 2018, já mais experiente, Adriana Vaz disputou provas de longa distância em vários países da América do Sul, todas com percursos entre 21 km e 100 km. Foi muita adrenalina nas trilhas, mas também não faltaram perrengues fora delas.

“Cheguei a ser barrada no meio de um voo por falta de comprovante de vacinação contra febre amarela, tive o ônibus quebrado com motorista mandado todo mundo descer no meio do nada, no Equador, e devolvendo o dinheiro da passagem. Caí em um precipício durante uma prova em Cusco, no Peru, e tive que caminhar mais de 5 horas para completar o percurso e pegar a medalha, enfim, são muitas histórias pra contar”, lembrou.

Em 2019, Adriana Vaz abrirá sua programação de competições pelo Bonito Cross. “Depois de Bonito sigo para as provas do Campeonato Sul-Americano de Corrida de Montanha. Pra mim é um orgulho começar a temporada com uma prova no meu Estado”, afirmou.

Os percursos do Bonito Cross serão de 12,2 Km (trail run), 5 km + 21,5 Km de bike + 1,3 Km de corrida (duathlon) e 61,7 km, 39 km e 31,8 Km (mountain bike). A disputa de trail run vai abrir o evento no dia 16, sábado, com largada às 7h30, e as provas de MTB e duathlon serão disputadas no domingo, dia 17, com largadas às 7h30 e 7h45, respectivamente. Nos dois dias de provas a concentração dos atletas será na Praia da Figueira a partir das 7h da manhã. Site oficial do evento – http://bonitocross.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *